Da Paulista para Maria Quitéria: o Brasil ainda precisa avançar muito

HomeDiversosDa Paulista para Maria Quitéria: o Brasil ainda precisa avançar muito

Da Paulista para Maria Quitéria: o Brasil ainda precisa avançar muito

Quem no Brasil não se comoveu com as recentes tragédias na região serrana do Rio, não é mesmo? Decidido a não só ficar orando, tive o prazer de participar ativamente da importante ação humanitária que aconteceu aqui em João Pessoa com o foco inicial de ajuda às vítimas no Rio. Entretanto, devido as grandes arrecadações que aconteceram em todo o Brasil, a Cruz Vermelha do Rio divulgou que os donativos doados já eram suficientes para os desabrigados de lá e assim, a liderança da ONG “Mãos que se encontram” decidiu, rapidamente, direcionar as doações para outras vítimas, agora muito mais perto de nós: cerca de 80 famílias do bairro Mandacarú, na cidade de João Pessoa/PB.

Criança ao lado do esgoto: é preciso agir para mudar a realidade das coisas.

Famílias numa realidade bastante deplorável. Inimaginável numa capital do país, pudemos encontrar cenas presentes nas princiapais favelas dos grandes centros, como crianças brincando ao lado do esgoto, expostas a tantos riscos. Casas muito simples e diferentes, mas com pessoas iguais aquelas que moram em boas residências e que circulam pelas avenidas mais importantes deste país.

Entregando os donativos neste final de semana, me lembrei um pouco mais da outra realidade que vivi por anos em lugares dignos que morei e trabalhei, com toda a infra-estrutura, acesso a bons treinamentos, conhecimentos, excelentes pessoas, etc., etc, etc.

Um desses locais, talvez, um dos mais valorizados do Brasil foi a Avenida Paulista, exatamente, num dos melhores e mais importantes prédios de lá. A realidade da Paulista empolga  quem a frequenta, mas também deslumbra a muitos e isso nos faz muitas vezes esquecer das outras realidades que, talvez, 70, 80 ou até mais de 90% do Brasil não vive como quem vive numa cidade que tem “uma Paulista”. Você pode me entender?

Isso fica mais nítido quando você tem a oportunidade de viajar pelo país e ver de perto a enorme disparidade que ainda existe. Mas, Paulo, vemos isso todos os dias no Jornal Nacional e você não precisa publicar no seu blog essa verdade. Talvez seja por isso, ou seja, por ver somente através da televisão é que o país tem demorado para tirar as pessoas da miséria e da falta de educação; todos nós estamos ocupados demais em nossos veículos, poltronas, lares, etc, lamentamos e, imediatamente, nos voltamos para os nossos problemas.

Mais que palavras, precisamos agir e você pode fazer isso hoje mesmo.

#AjaHoje!

PJ

Donativos recolhidos para a campanha De mãos dadas por João Pessoa

Kits separados para a entrega às 80 famílias no bairro Mandacarú, em João Pessoa/PB.

Fila de moradores aguardando a entrega dos donativos.